PF cumpre mandados de apreensão em empresas de leilões usadas para ocultar e lavar dinheiro em SP

Operação Último Lance começou com relatórios de movimentação financeira suspeitos de empresas que usam laranjas como sócios.

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira (3) 16 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo, Pindamonhangaba, Franca e Bauru, no estado de São Paulo, em uma investigação sobre empresas de fachada usadas em leilões para o suposto cometimento de crimes, como evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

A operação, denominada Último Lance, começou após relatórios de inteligência financeira obtidos de órgãos que acompanham a movimentação bancária suspeita e apontaram a existência de “dezenas” de empresas “de fachada”, com a utilização de laranjas como sócias, para ocultar movimentação financeira.

Em apenas um dos casos analisados as suspeitas apontam movimentação de mais de R$ 600 milhões.

Os investigados poderão responder pelos crimes de evasão de divisas, sonegação fiscal, falsidade ideológica, uso de documento falso e ocultação de valores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *