Procurador jurídico da Câmara de Queluz é preso suspeito de tráfico de drogas

De acordo com o Ministério Público, a prisão foi feita em uma operação conjunta entre promotoria e Polícia Militar.

O procurador jurídico da Câmara de Queluz foi preso por suspeita de envolvimento com tráfico de drogas em Caraguatatuba (SP). De acordo com o Ministério Público (MP), a prisão foi feita em uma operação conjunta entre promotoria e Polícia Militar nesta quarta-feira (26).

O procurador, preso no Centro da cidade, tinha um mandado de prisão expedido contra ele no fim de março pela juíza Vivian Bastos, de Aparecida. O documento expedido teve como base a lei que caracteriza como crime colaborar, como informante, com grupo, organização ou associação criminosa.

Em nota, a Câmara de Queluz informou que diante da informação da prisão do procurador, a casa “lamenta o caminho tomado por seu funcionário que já se encontrava afastado de suas atividades, bem como informa que está tomando todos os caminhos legais visando defender os interesses desta casa de leis”.

A defesa do procurador não foi encontrada pelo G1 até a publicação da reportagem.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *