Três mil funcionários da Embraer voltam ao trabalho nas unidades de São José dos Campos e Taubaté

Protocolos de segurança incluem uso obrigatório de máscara e medição diária da temperatura.
Os funcionários da Embraer das unidades de São José dos Campos e Taubaté retomaram nesta segunda-feira (22) a jornada integral. Apesar da prioridade por home office, cerca de 3 mil trabalhadores retornam ao trabalho presencial.
Os trabalhadores da fabricante de aviões tiveram os contratos suspensos e os salários reduzidos no dia 22 de abril.
Segundo nota divulgada, a Embraer adotou um protocolo rigoroso para evitar contaminação por coronavírus no ambiente de trabalho. As quatro unidades da empresa terão medição diária de temperatura e rotina acompanhada por profissionais de saúde. Uso de máscaras e álcool em gel serão obrigatórios para os funcionários.

Outra medida adotada está no transporte fretado, que circulará com 50% da taxa de ocupação. Desta forma, haverá uma pessoa por fileira. Na fábrica, os trabalhadores ficarão espalhados para evitar aglomerações.

A Embraer emprega cerca de 10 mil pessoas na região. Segundo a empresa, dois terços deste efetivo atuam por home office. Integrantes dos grupos de risco que precisam trabalhar presencialmente entraram em férias coletivas mais licença remunerada.
O grupo de aprendizes como Senai, CIEE, Fundhas e Creche Feliz, entra em férias remuneradas. Já os estagiários continuarão trabalhando em home office, até que novas medidas sejam adotadas.
Na última semana, o Sindicato dos Metalúrgicos afirmou que era contra o retorno das atividades na Embraer e iria discutir as medidas que seriam tomadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *