MEC prorroga prazo para renegociação de dívida com Fies

500 mil estudantes poderão ser beneficiados com a renegociação
O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou para o dia 10 de outubro o prazo para que estudantes inadimplentes ou em atraso no pagamento de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) possam pedir renegociação da dívida com o banco. A ampliação do prazo está publicada no Diário Oficial da União (DOU). A data-limite inicial era 29 de julho.

A possibilidade de renegociação do saldo devedor foi autorizada pelo Comitê Gestor do Fies em outubro do ano passado. Antes, o aluno que deixasse de pagar alguma parcela do financiamento teria apenas a opção de quitar o valor à vista. Com a resolução do comitê, a renegociação poderá ser feita em uma das duas modalidades: reescalonamento ou reparcelamento.

Segundo dados do FNDE, 500 mil estudantes poderão ser beneficiados com a renegociação. O saldo devedor que eles acumulam soma mais de R$ 10 bilhões.
Para regularizar a situação, os interessados devem procurar a instituição bancária onde o contrato foi assinado. O valor da parcela resultante da renegociação não pode ser inferior a R$ 200. Há ainda a parcela de entrada. O estudante deve pagar ou 10% da dívida consolidada vencida, ou R$ 1.000.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *