NOTA OFICIAL – Padre Afonso Lobato assume mandato nesta sexta-feira na Assembleia Legislativa

Após decisão por unanimidade em sessão ocorrida no último dia 01/04, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, que votou pelo afastamento temporário do deputado estadual Fernando Cury, na condição de suplente, estamos assumindo o mandado nesta sexta-feira, dia 09/04, por um prazo de seis meses.

Sabemos da brevidade do tempo e das inúmeras demandas que a região acumulou no período em que estivemos fora do mandato, sem o acesso a essa ferramenta que, delegada pela população, pode melhorar e salvar muitas vidas.

Diante da necessidade de estabelecer prioridades, nosso foco será, como sempre, a saúde pública, tendo em vista, inclusive, o momento difícil pelo qual todos estamos passando, diante da pandemia que já vitimou tantos brasileiros e trouxe dor para muitas famílias, pelas quais estamos sempre em oração.

Por isso, de imediato estamos assumindo o compromisso de mobilizar e articular uma solução urgente para que o AME de Taubaté – uma conquista nossa, conjuntamente com outras forças regionais – seja prontamente inaugurado para atender com dignidade à população dos municípios previstos na sua área de cobertura, que inclui Taubaté, Pindamonhangaba, Tremembé, Campos do Jordão, Santo Antonio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, Lagoinha, São Luiz do Paraitinga, Redenção da Serra e Natividade da Serra.  

Também vamos continuar nossa luta para que pacientes de oncologia recebam a necessária atenção do Estado, sobretudo para aqueles que necessitam urgentemente de radioterapia, que tem hoje mais de 400 pacientes na fila, uma vez que apenas o Hospital Regional, em Taubaté, está disponibilizando esse tratamento.

Nesse sentido, vamos trabalhar para que o Estado assine imediatamente o contrato com a empresa vencedora do certame, que prestará o serviço em Guaratinguetá, atendendo toda a região do Médio Vale e do Vale Histórico, para evitar que esses pacientes tenham que se deslocar para Taubaté ou outra cidade. O chamamento público foi feito há mais de um ano, mas o contrato ainda não foi assinado até hoje pelo Estado.

Ademais, temos a dizer que a decisão histórica da Assembleia Legislativa em afastar o deputado Fernando Cury, deve ser entendida como um sinal claro de que a dignidade das mulheres precisa ser respeitada, independente da sua posição social ou política. O fato é lamentável e não pode e nem deve se repetir.

Finalizamos, acrescentando que como sempre, estaremos disponíveis e dispostos a buscar as soluções para as demandas da nossa Região Metropolitana do Vale do Paraíba, empreendendo uma jornada incessante de trabalho e dedicação, correspondendo à confiança que em nós foi depositada nas urnas.

Que Deus abençoe a todos.

Deputado Estadual Padre Afonso Lobato (PV)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *