Cruzeiro tem recorde histórico de homicidios e violência

A Secretaria de Segurança Publica divulgou na segunda (25), os últimos dados sobre as estatísticas de criminalidade do Estado de São Paulo no ano de 2020.
Segundo os dados, a cidade de Cruzeiro é uma das cidades mais violentas do Estado, onde foram registrados 33 vítimas de homicídios dolosos no ano de 2020, cinco à mais do que do ano anterior. Um recorde histórico, pois nunca havia sido registrado um número alto de homicídios dolosos na cidade.
Dos 33 homicídios dolosos, dois foram em Janeiro, três em Fevereiro, três em Março, três em Abril, dois em Maio, dois em Junho, três em Julho, três em Agosto, dois em Setembro, um em Outubro, oito em Novembro e um em Dezembro.
Desde o ano de 2017, onde foram registrados 15 homicídios, o número só aumentou na cidade. Em 2018, foram registrados 18 homicídios. Já no ano de 2019, foram 28 homicídios. Agora, 2020 um número histórico de 33 vítimas.
Além dos casos de homicídios dolosos, foram registrados em 2020, 03 homicídios culposos por acidente de trânsito, um em Fevereiro, um em Março e um em Outubro. Também uma lesão corporal seguida de morte em Setembro.

OUTROS DADOS REFERENTE AO ANO DE 2020 NA CIDADE:
– Tentativas de Homicídio: 32
– Roubo de Veículo: 19
– Furto de Veículo: 69
– Total de Estupros: 17

PREFEITURA
Tentando diminuir a violência na cidade, em outubro, a Prefeitura de Cruzeiro investiu em um COI (Centro de Operações Integradas), cujo custo foi mais de 06 milhões de reais, porém, não ajudou a efetuar nenhuma prisão em flagrante.

ANO DE 2021
Seguindo o ano passado, esse ano de 2021 já começou com bastante violência na cidade. Dois homicídios foram registrados, um no dia 12 de janeiro e o outro no dia 19 de janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *