Prefeituras mantêm forças-tarefas após alagamentos deixam famílias desabrigadas

Fundos sociais de Ubatuba e Canas focam campanha de arrecadações por itens como alimentos e produtos de limpeza; Defesa Civil alerta municípios para riscos de fortes chuvas para próximos dias na RMVale.

As fortes chuvas deste início de ano estão impactando a RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte). As cidades continuam registrando alagamentos, como Canas, que pede doações para auxiliar casas atingidas pelas águas, e Ubatuba, que segue com famílias desalojadas. A Defesa Civil do Estado alerta para o risco de temporais nesta semana.

Após 159 pessoas de 45 famílias ficarem desabrigadas em Ubatuba, com os alagamentos do feriado de Réveillon, a prefeita Flávia Pascoal (PL) decretou no último dia 4 o estado de emergência para 12 bairros mais afetados pelas chuvas, entre eles o Angelim, Bela Vista, Perequê Açu e Taquaral.

Segundo a Prefeitura, os índices pluviométricos apontaram que, em 96 horas, as regiões Central e da Marafunda ultrapassaram os 180 mm de chuva, e os reflexos do feriado seguem na cidade. A atualização da secretaria de Assistência Social, realizada na última segunda-feira (11), apresentou que oito famílias com 11 adultos e sete crianças permanecem fora de suas casas, ou seja, alojadas na escola Olga Gil na região Central, e acompanhadas pela pasta. O restante já pode voltar para as residências.

O auxílio aos afetados contou com doações de materiais de higiene e alimentos de cidades como Pindamonhangaba, da Defesa Civil do Estado de São Paulo e uma equipe técnica mista entre assistentes sociais, psicólogas, advogada, funcionários das escolas utilizadas como alojamento e voluntários.

Flávia agradeceu os apoios e destacou a urgência de soluções efetivas. “Sabemos que não temos canais ou planos de drenagem, por isso já estamos nos mobilizando para elaborar um plano e buscar recursos a fim de equiparar esse déficit de drenagem urbana”.

Os trabalhos continuam na cidade. Segundo a Assistência Social, não há mais a necessidade de doação de roupas, mas sim doações de fraldas descartáveis e alimentos como arroz, feijão, macarrão, óleo, açúcar, leite e café, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A secretaria de Assistência Social fica à rua Paraná, nº 375, no Centro. Mais informações sobre o atendimento e doações pelo telefone (12) 3834-3501.

No início da semana, Canas foi uma das cidades afetadas por pontos de alagamentos. O Fundo de Solidariedade utilizou as redes sociais do governo para pedir doações de roupas, alimentos, produtos de limpeza e de higiene pessoal, colchões, móveis, leite, fralda tamanho G e lenços umedecidos, pois  há um bebê de dez meses e famílias que tiveram as residências inundadas e necessitam de auxílio. As doações devem ser entregues na sede do Fundo Social, localizado à avenida 22 de Março, nº 369, no Centro. Os interessados em ajudar, podem entrar em contato pelo telefone (12) 3151-6000.

Alerta – A Defesa Civil do Estado alertou a Região Metropolitana do Vale, na última terça-feira, sobre a previsão de fortes chuvas com temporais entre 60mm e 80mm até esta quinta-feira (14). O comunicado enviado para todas as bases da região destaca a possibilidade de novas enchentes e riscos de deslizamentos.

Fonte: Jornal Atos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *