Bombeiro surpreende namorada socorrista com pedido de casamento na rodovia Dom Pedro

Antes de receber a aliança, namorada ficou apreensiva com a cena montada para o pedido.

O movimento na rodovia Dom Pedro 1º estava tranquilo na manhã do último domingo (1º). Eis que uma viatura do Corpo de Bombeiros para na base da concessionária que administra a rodovia, em Atibaia (SP), um sargento entra no local e pede falar com a socorrista Maiara Rodrigues de Oliveira, de 25 anos. O coração da jovem disparou de apreensão quando ouviu: “você pode me acompanhar? Preciso conversar com você sobre o Marco [namorado dela]”.
Ao ser encaminhada até o carro dos Bombeiros, Maiara sentiu o coração acelerar ainda mais. Mas, desta vez, de alegria. O bombeiro civil Marco Aurélio Júnior, de 31 anos, saiu do veículo com um porta-anel em mãos e a pediu em casamento.
“Quando vi ele saindo com a aliança, foi uma alegria. Não imaginava essa surpresa, porque pensávamos em ficar noivos quando passasse a pandemia, para reunir nossas famílias. Já fazia umas duas horas que estávamos sem conversar naquele dia. Escutei o barulho da buzina e um colega falou que era para mim. Já levei um susto. O sargento perguntou se eu podia acompanhar ele. Fiquei apreensiva. Mas, quando vi ele, aliviou”, comentou Maiara.

A surpresa foi planejada por Marco Aurélio, mais conhecido como Marcão, há uma semana. Ele soube que Maiara estaria de plantão na base em Atibaia e, na manhã de domingo, perguntou como estava o plantão dela. Ao ouvir que estava tranquilo por causa do baixo movimento na estrada, ele foi à base para fazer a surpresa.
Marcão e Maiara são naturais de Atibaia e namoram há um ano e cinco meses. Eles se conheceram em curso de primeiro socorros. Ele era o instrutor, enquanto ela estava como aluna. Após a formatura, combinaram de se encontrar e deram início ao romance.
“Sou professor de primeiros socorros em um curso de bombeiro civil. Conheci ela como aluna, mas só começamos a conversar mesmo depois que ela se formou. Fazer o pedido assim já estava nos meus planos, mas teve que ser rápido porque a nossa rotina é corrida”, conta ele.
“A data do casamento ainda não temos. Priorizamos um terreno. Fomos atrás disso. Mas acho que o casamento vai ser daqui um ano”, contou Maiara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *