Marceneiro atropelado por motorista bêbado morre no hospital em Ubatuba

Motorista de 27 anos foi preso em flagrante após teste do bafômetro apontar embriaguez. Ele também não tinha habilitação para dirigir.

Um marceneiro de 51 anos, que foi atropelado por um motorista embriagado na BR-101, morreu na segunda-feira (26) na Santa Casa de Ubatuba (SP). O motorista foi preso e vai responder por homicídio. A família cobra justiça.
O marceneiro Isaque Messias foi atropelado na noite de domingo (25), por volta das 23h, em um trecho do bairro Estufa II na Rio-Santos. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
Isaque estava de moto na rodovia, quando foi atingido pelo motorista. Após a colisão, o carro ainda capotou.
O motorista foi preso em flagrante após o teste do bafômetro comprovar a embriaguez. No carro, a polícia apreendeu uma garrafa de uísque pela metade e uma lata de cerveja vazia. Além da embriaguez ao volante, o rapaz não tinha habilitação.
“Eu vi o que aconteceu pela rede social. Quando a minha família ligou, já me desesperei. O que a gente quer é justiça”, diz a filha do marceneiro, Jéssica Jardim, de 29 anos.
A Polícia Civil informou que o jovem de 27 anos permanece preso. Com a morte, agora ele vai responder por homicídio culposo – quando não há a intenção de matar – na direção de veículo automotor, com agravante de embriaguez ao volante. Ele está na cadeia de Caraguatatuba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *