Preço do arroz sobe 4,39% em agosto na região do Vale do Paraíba, aponta Nupes

Alimento tem alta pelo segundo mês consecutivo na região. Preço do óleo de soja sobe 12,69%.

A alta no preço do arroz tem sido sentida em todo o Brasil. No Vale do Paraíba, o alimento ficou 4,39% mais caro em agosto, de acordo com pesquisa do Núcleo de Pesquisas Econômico-Sociais da Universidade de Taubaté (Nupes).

Segundo o Nupes, o aumento das exportações, a demanda interna aquecida, a diminuição de área plantada no Rio Grande do Sul e a perda de safra na região Sul são os motivos para essa alta no preço do arroz pelo segundo mês consecutivo nas cidades pesquisadas.

O arroz, entretanto, não foi o item da cesta básica que mais teve aumento no Vale do Paraíba. O preço do óleo de soja subiu 12,69%, seguido pelo tomate, que aumentou 12,51%. O queijo mussarela e o leite tiveram aumento de 4,31% e 2,93%, respectivamente.

Entre os itens em que houve redução, destaque para a cebola (queda de 15,08%), alho (queda de 11,88%), a batata (10,31%) e a banana-prata (diminuição de 9,01%).

PREÇO DA CESTA BÁSICA

O valor da cesta básica no Vale do Paraíba teve um leve aumento de julho para a agosto, segundo o Nupes. Passou de R$ 1.733,68 para R$ 1.734,87 (aumento de 0,06%).
Foram pesquisados os preços em quatro cidades: Caçapava, Campos do Jordão, São José dos Campos e Taubaté. Nas duas primeiras cidades, houve aumento de 0,68% (Caçapava) e 0,04% (Campos do Jordão).

São José dos Campos foi a única cidade em que o preço teve uma leve queda. De R$ 1.721,83, caiu para R$ 1.714,20 (-0,44%). Taubaté, que não houve variação no preço, é o município com a cesta básica mais barata entre as cidades pesquisadas: R$ 1.713,32.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *