Isolamento segue em queda no Vale e região registra 45% no sábado; Cruzeiro tem 51%

A taxa de isolamento no Vale do Paraíba segue nos níveis mais baixos desde o início da quarentena, no final de março.

No sábado (20), a região registrou 45% em Guaratinguetá e 46% em Taubaté e Jacareí, as menores taxas entre as 11 cidades monitoradas pelo Simi (Sistema de Monitoramento Inteligente), do governo estadual.
Em São José dos Campos, a taxa de isolamento ficou em 47% e 48% em Lorena, 49% em Pindamonhangaba, 50% em Caraguatatuba e Caçapava e 51% em Cruzeiro.
Já tendo ultrapassado a casa de 60% de isolamento, Ubatuba caiu para 54% no sábado, mas ainda assim ficou na segunda posição do ranking estadual com 104 cidades paulistas com mais de 70 mil habitantes. A campeã do estado, novamente, foi São Sebastião, com 61% de isolamento.
De acordo com o governo estadual, a taxa indicada para reduzir eficazmente a velocidade de crescimento da Covid-19 é 55%, o que só São Sebastião conseguiu superar.
Desde o início da retomada econômica, em 1º de junho, o Vale vem despencando ainda mais no percentual da população aderente ao isolamento.
A média da região no sábado foi de 47%, a mais baixa para um dia de final de semana desde o início da quarentena. Em maio, a região conseguiu média de 53% num sábado.
Na próxima sexta-feira, o governo anunciará se a RMVale progredirá de fase de abertura econômica no Plano São Paulo. Se os indicadores de saúde continuarem a piorar, com recorde de número de casos e mortes e de internações, a região poderá regredir de fase.
Por enquanto, o Vale está mantido na fase 2 (laranja), classificada de controle e com reabertura de atividades comerciais.
(Fonte: Ovale)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *