Vigilância Epidemiológica informa 1183 casos confirmados de Dengue em Lorena

O Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde informou, nesta sexta-feira (28), 1183 casos confirmados de Dengue. Ao todo são 1891 notificações, das quais 624 descartadas.
Vale ressaltar que Lorena continua em estado de epidemia e que a adoção de medidas preventivas contra o mosquito Aedes Aegypti deve ser constante:
 Mantenha bem tampado tonéis, caixas e barris de água;
 Lave semanalmente, com água e sabão, tanques utilizados para armazenar água;
 Não esqueça de lavar o pote de água do seu animalzinho, ele também pode ser um local de proliferação
 Mantenha caixas d’água bem fechadas;
 Remova galhos e folhas de calhas;
 Não deixe água acumulada sobre a laje;
 Encha pratinhos de vasos com areia até a borda ou lave-os uma vez por semana;
 Troque a água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;
 Coloque lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas;
 Feche bem os sacos de lixo e não deixar ao alcance de animais;
 Mantenha garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;
 Acondicione pneus em locais cobertos;
 Faça sempre manutenção de piscinas;
 Tampe ralos;
 Coloque areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;
 Não deixe água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;
 Vasos sanitários externos devem ser tampados e verificados semanalmente;
 Limpe sempre a bandeja do ar condicionado;
 Lonas para cobrir materiais de construção devem estar sempre bem esticadas para não acumular água;
 Recolha sacos plásticos e lixo do quintal;
Para se prevenir contra a doença, o uso de repelentes é altamente recomendado, além disso, a Secretaria Municipal de Saúde esclarece que:
1. Não há contraindicação do uso de repelentes de insetos por crianças.
2. Repelentes de pele ou cosméticos de longa duração (que tem duração mínima de 12 ou 10 horas para nova aplicação) são os mais indicados para uso.
A Secretaria de Saúde também orienta:
 Receba os agentes de campo, que estão devidamente identificados, em suas residências, eles irão orientá-los e verificar possíveis focos e removê-los.
 Preste orientações aos seus vizinhos e atue como fiscal de sua rua.
 Ao tomar ciência de terrenos aparentemente abandonados, com mato alto, infestação de insetos e que tenha possíveis focos do Aedes Aegypti, denuncie à Vigilância Sanitária. A denúncia deve ser realizada pessoalmente, basta comparecer ao local portando um documento oficial com foto e dados mais precisos possíveis a respeito do terreno, como ponto de referência, número. A partir da notificação por parte do órgão, o proprietário tem dez dias para providenciar a limpeza do local. O não cumprimento está sujeito à multa de 20 a 40 UFESP’s. A Vigilância Sanitária, em Lorena, funciona na Secretaria Municipal de Saúde, que fica à Rua Benedito Marcondes de Moura Sobrinho, 38 – São Roque.
Vale reforçar que o Hospital de Campanha continua em funcionamento no complexo da Santa Casa de Misericórdia. O atendimento é de segunda à sexta-feira, mediante distribuição de senhas. Além disso, o Pronto Socorro Municipal continua à disposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *