Estudantes morrem após carro ser atingido por caminhão em acidente na Dutra em Aparecida

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), veículo invadiu a pista contrária da rodovia na altura do km 70 e atingiu um carro no trecho.

O acidente com um caminhão que invadiu a pista contrária e bateu em um carro que seguia no outro sentido deixou dois mortos na tarde da quinta-feira (23) na Dutra em Aparecida. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma pessoa morreu no local e outras duas pessoas foram socorridas, mas uma delas não resistiu e morreu no hospital.

As duas vítimas fatais estavam morando em Lorena. Patrícia Avelino era estudante de Engenharia de Produção e era de Atibaia. Bruno Melniski, estudava Engenharia Química e era de Guarulhos (SP).

O acidente aconteceu por volta das 14h30 na altura do km 70. De acordo com a PRF, o motorista do caminhão seguia sentido São Paulo quando perdeu o controle da direção, bateu na traseira de um carro que estava a frente e invadiu a pista contrária, atingindo um veículo que seguia no sentido Rio de Janeiro.

As equipes de socorro foram acionadas e constataram a morte de uma pessoa no local. Uma equipe da Nova Dutra, concessionária que administra a via, socorreu uma vítima grave e outra moderada para o hospital Frei Galvão em Guaratinguetá. Segundo a PRF, uma delas, que não teve a identidade divulgada, morreu ao chegar no local.

Às 17h equipes da polícia, dos bombeiros e da concessionária seguiam no local. De acordo com a Nova Dutra, a via registrava 11 km de lentidão no sentido São Paulo e o trânsito estava interditado.

Já na pista sentido Rio de Janeiro, a lentidão era de 7 km e foi feito um desvio por um posto de gasolina às margens da rodovia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *