Realizada a reinauguração do Museu Major Novaes

A exposição de longa duração é gratuita e fica aberta ao público a partir de terça-feira (10), das 8 às 18 horas.
Com o objetivo de resgatar a história e democratizar o acesso à cultura, foi aberta na sexta-feira (06) a exposição de longa duração do Museu Major Novaes, em Cruzeiro. A cerimônia de reinauguração contou com a apresentação da orquestra da Faculdade Santa Cecília de Pindamonhangaba
O acervo reúne roupas, artefatos, fotografias, parte historiográfica e objetos oriundos da família Novaes. A exposição resgata três importantes períodos históricos para o município, a Revolução Constitucionalista de 1932, Ferrovia e Ferroviários e Fazenda Boa Vista. Além disso, os visitantes podem prestigiar uma pinacoteca com obras de artistas cruzeirenses e uma sala de fotografias.
É um espaço realmente fantástico onde diversas atividades são desenvolvidas, aqui se tem história, você tem cultura, você tem arte, você tem realmente um espaço de inclusão social”, destacou o secretário de Esportes, Cultura, Lazer e Juventude, José Rogério.

A reinauguração marca o fim de um longo processo que teve início com a restauração do prédio, por parte do governo estadual e terminou com a recuperação do acervo de responsabilidade do governo municipal. O projeto teve ainda o apoio das empresas Amsted Maxion e GR Indústria Química de Cruzeiro.

“No passado, há 5 anos atrás, eu era diretor de cultura e fui convidado para uma visita, levei a Claudia para gente ver como ‘tava’ a situação do museu e lá a gente recebeu uma incumbência de ter que fazer a parte interna do museu”, conta o designer Sérgio Valério que ficou responsável pela expografia e curadoria junto com a diretora do museu Claudia Ribeiro.

Na ocasião da reinauguração, estiveram presentes o prefeito Thales Gabriel, o vice prefeito Dr. Davi Mota, o diretor do Grupo Técnico de Coordenação do Sistema Estadual de Museus do Estado de São Paulo, Davidson Panis Kaseker, secretários e vereadores

“Sem dúvida a gente tem uma gratidão muito grande ao Estado de São Paulo na pessoa do ex-governador, Geraldo Alckmin, que lá na sua época como governador autorizou o recurso para que fosse restaurado todo o prédio do Museu Major Novaes”, agradeceu o prefeito Thales Gabriel.
A exposição de longa duração fica aberta ao público a partir de terça-feira (10), das 8 às 18 horas. No dia 14 de dezembro o museu abre a partir das 14h. Em janeiro, a exposição deve abrir todos os finais de semana, mas ainda não há uma data estipulada. A entrada é gratuita.
“É uma proposta que o museu tem, que seja gratuito para que todos de todas as idades, de todas as classes sociais, de todas as religiões possam estar aqui, possam experimentar essa exposição, então será gratuito”, disse a diretora do museu Claudia Ribeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *