Prefeitura volta atrás e serviço da Uber é liberado em Guará

Os motoristas do aplicativo Uber voltaram a operar normalmente na cidade de Guaratinguetá na noite da última sexta-feira. Na última semana, a Prefeitura de Guaratinguetá divulgou um ofício pedindo para que os colaboradores da empresa parassem o serviço na cidade, alegando que os motoristas estariam operando de forma irregular.

Na sexta, o prefeito Marcus Soliva (PSB) voltou atrás e permitiu que os motoristas façam seus cadastros juntamente à prefeitura.

Eles têm um prazo de 60 dias para entregar a documentação e o comprovante de residência à Secretaria de Mobilidade Urbana. De acordo com o prefeito, motoristas de fora da cidade não poderão explorar o serviço na cidade.

HISTÓRICO

A gestão afirmou que a Uber ainda não havia apresentado dados necessários para a regularização do serviço, como a quantidade de motoristas habilitados a atuar na cidade, dados dos veículos, entre outras informações. A divulgação dos dados é uma das exigências da lei que foi aprovada em setembro.

Na ocasião, a empresa Uber afirmou que os dados solicitados pela prefeitura ‘abrangem informações pessoais extremamente detalhadas’. De acordo com a notificação divulgada pela prefeitura aos motoristas, os colaboradores da Uber que continuassem a operar na cidade poderiam receber multa de R$ 3.100.

Fonte: OVale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *