Bicampeão mundial de surfe, Gabriel Medina é recebido por multidão em Maresias

Natural de São Sebastião-SP, surfista chegou à terra natal no domingo, 23

Celulares tirando fotos e muitos acenos. Assim estava o público nas calçadas da avenida da praia de Maresias, em São Sebastião-SP, no fim da tarde do domingo, 23. Não era para menos. Pelo asfalto, o surfista Gabriel Medina desfilava em cima do carro do Corpo de Bombeiros para comemorar na terra natal o bicampeonato mundial de surfe.

Ao chegar na Praça Internacional do Surfe, uma multidão esperava pelo surfista. No caminho ao palco montado para receber o surfista, Medina distribuiu sorrisos e abraços para os fãs. Quando pegou o microfone nas mãos, agradeceu o carinho do público.

– Obrigado pela presença, pela torcida. Estou muito feliz em ser recebido assim. Eu sou apenas um menino de Maresias, que sonhava bastante. Treinei bastante e graças a Deus consegui realizar meu sonho. Estou muito agradecido por cada mensagem.

Estou até sem palavras. É uma honra levar essa bandeira para fora. Fico feliz por ter representado vocês – disse o surfista ao público.

Gabriel Medina, campeão mundial em 2014 e 2018, nasceu em Maresias e ainda tem residência na praia de São Sebastião, litoral norte de São Paulo. Ele cresceu no local e até hoje surfa em Maresias entre uma etapa e outra do Circuito Mundial de Surfe. O surfista também criou nesta praia o Instituto Gabriel Medina, que prepara meninos e meninas para o surfe.

– Aqui é um lugar que sempre morei. Passo o ano viajando, mas aqui é sempre onde volto. Foi aqui que tudo começou. Onde tenho minha família, meus amigos. Meus treinos são aqui e em Paúba. Lembro que surfava aqui em frente da praça a minha infância toda. Estar aqui sendo recebido desta forma é especial. É um lugar que nunca vou esquecer – destacou.

Esta é a primeira vez que o surfista tem uma festa em Maresias para comemorar o título mundial. Em 2014, uma recepção até chegou a ser organizada pela prefeitura de São Sebastião. Porém, uma forte chuva causou alagamentos em Maresias e a comemoração teve que ser cancelada.

(G1 Vale do Paraíba e Região).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *